Comunicado Fenag: a Caixa que queremos respeita as pessoas

31

As acusações divulgadas hoje à tarde pelo site Metrópoles contra o Presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, são sérias, gravíssimas e precisam ser apuradas com rigor e urgência. Os relatos de prática de assédio moral e sexual contra funcionárias da nossa empresa, repercutidos na imprensa nacional na data de hoje, causou perplexidade aos funcionários, e depõem contra os princípios que regem a conduta daqueles que compõem o quadro da nossa empresa.

A FENAG, nesse momento, se solidariza com as colegas que foram vítimas de tais fatos e as enaltece pela coragem de denunciar, sobretudo por se tratar do titular do cargo maior da direção na CAIXA.
Da mesma forma, a FENAG se coloca à disposição das colegas, no sentido de dar o apoio necessário, nesse momento tão sério e difícil de suas vidas (pessoal e profissional), ao mesmo tempo em que pede o afastamento imediato do Presidente da Caixa para garantir a lisura da apuração dos fatos no âmbito administrativo e penal.

importante ressaltar que a FENAG tem desenvolvido um trabalho constante de combate ao assédio moral e sexual dentro da empresa, seja através de campanhas educativas, seja atuando diretamente nos casos em que ocorrem denúncias. Aliás, a FENAG é autora de ação judicial movida contra a CAIXA, em função de denúncias recebidas de prática de assédio moral.

Nos últimos anos, os funcionários da CAIXA têm sido exemplo, na atuação em favor da população durante a pandemia, se expondo a jornadas exaustivas e às vezes degradantes. São muitos os relatos de adoecimento de colegas, inclusive com afastamento do trabalho, em função das grandes cobranças por resultados.
Portanto, em respeito e em defesa dessas Gestoras da Caixa, o mínimo que podemos exigir, nesse momento, é a apuração dos fatos, justiça e proteção para elas.

Brasília, 28 de junho de 2022

FENAG-FEDERAÇÃO NACIONAL DAS ASSOCIAÇÕES DE GESTORES DA CAIXA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here